quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Se Todas as Gentes se Dessem as Mãos

Pessoalmente, não posso fazer feliz toda a humanidade;
são bilhões de pessoas, de almas aflitas e apáticas
que em mil línguas e dialetos trazem-me à mente a tragédia da minha limitação.
Habitam o cume dos montes, o fundo do abismo, isoladas ilhas no grande mar da vida,
onde só se chega pela estreita ponte da renúncia,
pelo incômodo barco da tolerância para com as fraquezas do próximo.
Mas, atravessando a ponte, tomando o barco ou usando as cordas da boa vontade,
posso levar felicidade àquele que está perto de mim.
Basta, às vezes, um alegre bom-dia, um sorriso amigo, um elogio sincero,
um "era exatamente isto que eu desejava", ao receber mais uma peça para meu acervo de lembranças sem utilidade prática, boa para o coração.
Pessoalmente, não posso fazer feliz toda a humanidade,
mas, louvado seja Deus, posso estender a mão ao que está perto de mim e,
passar-lhe um pouco de felicidade que me enche o coração.
Bastará que o gesto seja imitado para que a felicidade passe adiante,
a corrente se estabeleça ao redor da terra,
fazendo o fim das guerras, dos preconceitos de raça, das divisões em castas, línguas e religiões. Até seria possível quais crianças felizes,
"brincar-se de roda em volta do mundo se todas as gentes se dessem as mãos".
.
.
Autora: Myrtis Matias
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


No Silêncio

Ajuda-me, Senhor, a ser silenciosa,
fazer tua obra sem ostentação;
ensina-se a dar com a mão direita,
sem que o saiba minha outra mão.
Sei que falas no fragor da tempestade, no bramido selvagem do mar,
Mas prefiro ver teus dedos nas estrelas, numa noite silenciosa e de luar.
Sei que falas no tufão que amedronta, na montanha que se explode no vulcão,
Mas prefiro ver-te no silêncio da planta, quando tiras uma flor de um botão.
A carroça vazia é que faz mais barulho ao rodar sobre as pedras da calçada:
a ser um palácio vazio, ser choupana pobre, porém habitada.
.
.
Autora: Myrtis Matias
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


terça-feira, 25 de agosto de 2009

Há um Deus em Tua Vida

Quando te vejo tão acomodado ao mundo
que te cerca,como a água tomando a forma do vaso
que a contém,
eu me lembro de um Rei coroado de espinhos,
arrastando uma cruz pelos caminhos,
pelas ruas de Jerusalém.
.
Quando te vejo tão preocupado com rótulo
se comodidades,tão desejoso de aparecer,
eu me lembro de um jovem-Deus perdido no deserto,
onde só feras e anjos O podiam ver.
.
Um jovem-Deus que te entregou um dia
o privilégio da Grande Comissão,
o Qual negas com tua covardia,
sucumbindo a promessas
que te falam à carne e ao coração.
.
Quando te vejo tão ocupado em construir
celeiros,
ajuntando fortunas que o ladrão pode roubar,
eu me lembro de um Deus caído sob tuas culpas
sem o conforto de uma pedra para repousar.
.
Quando te vejo conivente com aquilo
que Ele aborrece,
ao ponto de ocultar a Herança que Ele te legou,
pergunto: Seria falsa a promessa que fizeste
ou o amor que tu Lhe tinhas era poucoe se acabou?
.
Onde está teu grito de protesto,
que já não escuto?
Tua atitude de inconformação?
Será que te esqueceste do santo compromis
soou te parece pouco o privilégio da tua missão?
.
Por que tremes diante do mundo,
temendo por valores que só servem aqui?
Será que Cristo te escolheu em vão
ou será que já não existe um Deusdentro de ti?
.
Tu estás no mundo, mas não és do mundo.
Não escolheste – foste escolhido.
Por que te encolhes ao ponto
de seres grande pelo padrão dos homens,
comprometendo tua autoridade
de condenar um mundo corrompido?
.
Foste escolhido para uma missão tão grande
que nem a anjos foi dada a executar:
não te assustem ameaças,
não te seduzam promessas,
numa obra eterna, é melhor morrer do que negar.
.
Lembra-te que há um Deus em tua vida
que os teus atos devem glorificar

.
.
Autora Myrtis Matias
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


Adoração

Voltar no tempo e no espaço,
viver na Galiléia,
rever, cena por cena, a vida de um Deus.
.
Acompanhar a estrela
para presenciar o estranho Milagre
de Deus aprisionando Sua onipotência
num corpo de Criança.
.
Acompanhar este “Senhor de quanto existe”
fugindo para a terra da servidão.
.
Vê-lO, bem mais tarde,
levantar do vício e do crime
o publicano e a meretriz.
.
Ouvir a voz suave:
“Vinde e aprendei de Mim,
que sou manso e humilde...”
Manso e humilde...
Tão humilde que se ajoelha no Getsêmane
para chorar a degradação da própria imagem.
Tão manso que caminha para o Gólgota,
sob a cruz, sem uma queixa.
.
Emudecer de espanto ao ver este Deus-sem-lugar
ser suspenso entre o céu e a terra,
que não teve um berço para nascer,
“uma pedra para reclinar a cabeça”,
maldito sobre uma cruz.
.
Ouvir este Deus,
coberto de dor e vergonha,
prometer o paraíso e oferecer perdão.
Perdão...
.
Seu evangelho, Seu ensino,
Sua última palavra
até que o “Tudo está consumado”
alcançasse o céu
e as trevas cobrissem a terra.
.
Caminhar até o sepulcro
e encontrá-lo vazio.
Deixar Jerusalém e subir ao monte
para ver abrirem-se os céus e
cair de joelhos.
Porque todos os joelhos se curvam,
todos os lábios se calam,
para ouvir em prece:
“Este JESUS há de voltar um dia...”

.
.
Autora: Myrtis Matias
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


Caminhos de Deus

“Somos caminhos que Deus usa.”
.
Senhor, do alto sei que vês melhor,
quanto mais se sobe, maior a visão;
Teus olhos abrangem a eternidade:
contemplam o sol em sua imensidade,
vêem o verme a se arrastar no chão.
.
Para que então ficar gritando ao mundo:
olha o que tenho, o que sei, que sou?
Se lá do alto vês o mundo todo,
Tu sabes, Senhor, onde eu estou.
.
Tu sabes por que vim ao mundo,
tens uma missão pra mim.
Nada mais falta que submissão,
dizer – Ordena. Abrir o coração.
Ouvir a ordem e obedecer assim:
.
Sem importar a obra que a mim couber,
ou o lugar em que meu campo esteja.
Pode ser obscura minha atuação,
o que me importa é Tua aprovação,
ser tudo aquilo que queres que eu seja.
.
Talvez não tenha a sorte das estrelas
que belas cintilam, dando inspiração.
Talvez meu campo seja o mais mesquinho;
que me importa, se me tornar caminho
por onde passe a Tua compaixão?
.
Foram caminhos os servos do passado,
através de História um traço de luz:
Abraão, Moisés, José, Rute, Davi,
Jonas, Ester foram no tempo aquia
penas caminhos em direção da cruz.
.
Os que vieram depois também são caminhos
por onde a graça de Jesus passou
em busca do oprimido e do aflito,
caminhos que se fundem no infinito
no Único Caminho que um dia me salvou.
.
Agora, Senhor, a minha prece:
eu quero a graça de participar,
se não posso ser um caminho brilhante,
faze-me atalho na serra distante
mas onde o mundo veja Teu amor passar.
.
Usa-me, Senhor, durante todo o tempo,
para que no dia em que voltar ao céu,
possa dizer-Te, com um sorriso doce:
- Nada fiz, nada ajuntei, eu nada trouxe,
na terra fui apenas um caminho Teu.

.
Autora: Myrtis Matias
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


POEMAS EVANGÉLICOS






.
Voltar a Página Inicial
.
.
Levantai os olhos... e vede os campos - Myrtis Matias
.
Caminhos de Deus - Myrtis Matias
.
Adoração - Myrtis Matias
.
Há um Deus em Tua Vida - Myrtis Matias
.
No Silêncio - Mirtis Matias
.
Se Todas as Gentes se Dessem as Mãos - Myrtis Matias
.
A Dádiva de Maggie - Mário Barreto França (Obs: um dos mais belos poemas que já vi declamado)
.
O Poco Com Deus Vale Muito - Mário Barreto França
.
Na Paz do Senhor - Mário Barreto França



Levantai os olhos... e vede o campo

Lá fora, além das paredes que te cercam
e protegem, longe do calor que te aquece
o corpo e o coração,está a grande vinha do Senhor;
crianças que perderam os pais,
mil mulheres que vendem o corpo,
milhões de jovens que procuram uma razão de ser;
povo, que é teu povo, caminhando
irremediavelmente para o abismo...
Pára. Olha. Pensa. E ouve teu desafio
na própria voz do Mestre:
“Levantai os olhos e vede...
Vai hoje trabalhar na vinha...”
Ainda é tempo de obedecer,
alcançar a vinha aqui, ali, além;
sustentando aqueles que vão,
onde estiver um deles pregando a salvação,
tu estarás, também.
.
.
Autora: Myrtis Matias
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


A lenda dos Indios Cherokees

Existe uma lenda dos índios Cherokees que conta o rito de passagem para a juventude diz a lenda que o pai leva o filho para a floresta durante o final da tarde, venda-lhe os olhos e deixa-o sozinho.
O filho se senta sozinho no topo de uma montanha toda a noite e não pode remover a venda até os raios do sol brilharem no dia seguinte.
Ele não pode gritar por socorro para ninguém.
Se ele passar a noite toda lá, será considerado um homem.
Ele não pode contar a experiência aos outros meninos porque cada um deve tornar-se homem do seu próprio modo, enfrentando o medo do desconhecido.
O menino está naturalmente amedrontado.
Ele pode ouvir toda espécie de barulho.
Os animais selvagens podem, naturalmente, estar ao redor dele.
Talvez alguns humanos possam feri-lo.
Os insetos e cobras podem vir picá-lo.
Ele pode estar com frio, fome e sede.
O vento sopra a grama e a terra sacode os tocos, mas ele se senta estoicamente, nunca removendo a venda.
Segundo os Cherokees, este é o único modo dele se tornar um homem.
Finalmente...
Após a noite horrível, o sol aparece e a venda é removida.
Ele então descobre seu pai sentado na montanha perto dele.
Ele estava a noite inteira protegendo seu filho do perigo.
.
.
Moral da história:
.
Apenas porque você não vê Deus, não significa que Ele nao esteja conosco.Nós precisamos caminhar pela nossa fé, não com a nossa visão material.
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Deus fez-se por nós

DEUS FEZ-SE POR NÓS

Pastor de ovelhas (João 10.11 e 14 - fale sobre como age um pastor de ovelhas)
Amigo do homem (João 15.15 – enriqueça com uma ilustração sobre amigo/amizade pode ser a ilustração “Doação de sangue”)
Irmão (Mateus 12.50 – pode enriquecer com a ilustração “o milagre da canção)
Pai (Muito poderia ser dito sobre o pai: a aquele que dá confiança, que conforta, que consola, que protege, que provê, que corrige,...)
Como uma mãe – (Isaías 49.15 – fale sobre o amor maternal e ressalte que o amor de Deus excede o amor de mãe)
INTERROGUE DE FORMA DESAFIADORA:

DEUS FEZ-SE POR NÓS: PASTOR, AMIGO, IRMÃO, PAI, MÃE... E VOCÊ O QUE TEM FEITO POR DEUS?
LEITURA TEXTO BÍBLICO: AGEU CAPÍTULO 1.
O texto de Ageu nos traz duras revelações
1 – falta visão espiritual (v. 2. -...não veio ainda o tempo.)
- pouco se fala da volta de Jesus
- parece que está muito distante. Ora porque está distante de Deus, ora por conveniência.

2 – Preocupa-se mais consigo do que com Deus (v. 4)
- Tem muitos que pensam só no seu bem estar enquanto a casa de Deus regride.

3 – As conseqüência de um cristianismo irresponsáveis são as outras revelações de Ageu.

a) Um vazio existencial (v.6)
Semeia-se muito e colhe-se pouco – as coisas não dão certo.
Comeis mas não vos sacieis – constante insatisfação
Vesti-vos mas ninguém se aquece – falta calor humano.
O salário é colocado em sacos furados – o trabalho é inútil
b) Cria-se expectativas em vão (v 9)
Só podemos ser plenos no Senhor.
“por causa da minha casa, que esta deserta, enquanto cada um de vós se ocupa com a própria casa”

Conclusão:
Mas Ageu nos traz mais uma revelação neste texto, e sem dúvida a mais importante de todas: final do v. 12 e 13 nos diz: “...e temeu o povo diante do Senhor (...) então o Senhor falou ao povo: EU SOU COM VOSCO DIZ O SENHOR”
Ageu nos revela que ainda há tempo.
Volte-se para o Senhor, coloque o Reino de Deus em primeiro lugar e as demais coisas vos serão acrescentadas.
O senhor se fez por nós pastor, amigo, irmão, pai e mãe... Jesus foi e vai até as últimas conseqüências por você, mas e você, o que tem feito por Jesus? AINDA HÁ TEMPO DE FAZER MUITO, COMECE HOJE.
.
.
Autor: Jorgevan Alves - Vice-Presidente PIB em Santo Antonio de Jesus
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


O que nos faz errar o alvo?

TEXTO: Gn. 4.3-7

ICT. "Tomado por um sentimento diabólico Caim atrai dolosamente seu irmão para morte"

TESE: "Quando perdemos o alvo, corremos o risco de perder a razão"


INTRODUÇÃO:

O que significa alvo?
- Ponto para onde se dirige o tiro
- Objeto a que se tem intento
- Objetivo, escopo, fim.

Qual o seu alvo?


O QUE NOS FAZ ERRA O ALVO?
.
1 - Erramos o alvo quando resolvemos fazer do nosso jeito (v.3)
- Caim sabia que a oferta tinha que ser de sangue.
- Caim decidiu fazer do jeito dele.
- Quer errar o alvo? Faça do seu geito. Despreze a palavra de Deus.
.
2 - Erramos o alvo quando fugimos da responsabilidade
- Caim erra e transfere a culpa para Abel.
- Somos semelhantes, sempre proucuramos um culpado. Desde o princípio é assim: a culpa foi da mulher que me deste.
.
3 - Erramos o alvo quando alimentamos sentimentos errados (v. 5b)
- Irou-se Caim.
- Quantas vezes antipatizamos.
- Quantas vezes somos negativistas, temos baixa auto-estima, ou alimentamos outros sentimentos?
.
4 - Erramos o alvo quando não damos ouvido à voz de Deus (v. 7)
- Deus sempre nos fala de alguma forma.
- Ilustração: "Só saio daqui se Deus me tirar daqui"
- Dar ouvidos = igual a ser abençoado
- Desprezar a voz de Deus = errar o alvo.
.
5 - Erramos o alvo quando tentamos consertar (v. 8)
- A pior forma de consertar um erro é com outro.
- Mentir para não assumir a responsabilidade,
- Colar porque não estudou,
- etc.
.
6 - Quais as consequencia de erra o alvo?
a) Torna-se maldito (v. 11 )
b) Torna-se fugitivo (v. 12)
c) Perde a comunhão completa com Deus (v. 14)
d) Fica "marcado". (v. 15b)
.
7 - E os benefício de acertar o alvo?
a) É sempre o primeiro a ser lembrado (Hb. 11.4)
b) Quem acerta o alvo é justificado (Hb. 11.4)
c) Serve de testemunha (Hb. 11.4)
d) Deixa seu legado (Hb. 11.4)
.
8 - CONCLUSÃO.
.
.
Autor: Jorgevan Alves - Vice-Presidente PIB em Santo Antonio de Jesus-BA.
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


LEIA ANTES DE USAR...

.
.
Leia antes de utilizar qualquer esboço de sermão

Amados,

Ao contrário de alguns que chegam a ser radicais em suas posições, particularmente não sou contrário que alguém utilize esboços de sermões feitos por uma outra pessoa, contudo alguns cuidados devem ser tomados:

1º ) O que lhe motivou a busca por um esboço pronto? Se foi a pesquisa, a busca por outras opiniões, uma dificuldade momentânea em relação a um tema específico, entre outras, tudo bem, é louvável sua atitude e certamente o Senhor te honrará. Porém se a motivação é preguiça, falta de comunhão, esfriamento espiritual ou coisa parecida, CUIDADO o que você estará levando para o púlpito será apenas “palha”, não alimentará ninguém e também não agradará a Deus.

2º) Com que frequência você elabora seu próprio esboço, ou com que frequência você utiliza esboços prontos? A sua resposta servirá de termômetro para que você perceba até que ponto você esta disposto(a) a ser usado(a) por Deus para este ministério, pois “...se alguém deseja o episcopado, excelente obra deseja”(1Tm 3.1), mas também deve estar cônscio da sua responsabilidade e da dedicação que deve empenhar.

3º) Você tenta investigar a origem do conteúdo? Cuidado para não estar levando para sua igreja heresias de algumas seitas. Nem sempre o que dizem por aí tem fundamento bíblico, você já ouviu o dito que diz: “tem gente que lê o texto, sem ver o contexto, para inventar pretexto”? Pois é, antes de utilizar um esboço, verifique se as idéias têm fundamentos bíblicos.

4º) Utiliza integralmente o esboço escolhido? Se sim é bom rever sua atitude, pois toda mensagem/sermão deve está diretamente ligado a necessidade da igreja local e o Espírito Santo de Deus certamente nos orienta a abordar essas necessidades, que dificilmente será plenamente contemplada em um esboço elaborado por outra pessoa que vive em realidade diferente.

5º) Por fim, NÃO ABRA MÃO DE ELABORAR SEUS PRÓPRIOS ESBOÇOS, ainda que não todos, ou ainda que utilizando outros como exemplos e/ou auxílio, lembre-se que esta obra é de Deus e que “Fiel é o que vos chama, o qual também o fará” (I Ts. 5.24). BUSQUE A DEUS, ORE, DEDIQUE-SE À LEITURA DA BÍBLIA, se necessário leia livros que lhe auxilie nas áreas de homilética, hermenêutica, exegese, e outros temas de seu interesse e JAMAIS TENTE IMITAR ALGUM PREGADOR FAMOSO OU NÃO, seja você mesmo porque Deus usa quem Ele desejar e você, certamente, é um instrumento de Deus. Sempre que oportuno faça referência que o esboço está baseado no de “fulano” que se encontra no site “tal”.

Estarei disponibilizando alguns esboços meus (Jorgevan), outros de livros e outros que são de domínio público disponíveis na internet.

DEUS O ABENÇÕE !!!!

1 - O QUE NOS FAZ ERRAR O ALVO (Doutrinária 04/2007 - Jorgevan)
2 - ACERTANDO O ALVO (Doutrinária 08/2007 - Jorgevan)
3 - DEUS FEZ-SE POR NÓS (Doutinária 05/2009 - Jorgevan)
4 - A CAMINHADA COM CRISTO (Doutrinária/evangelística 2006 - Jorgevan)
5 - JESUS NÃO VOLTOU ATÉ HOJE PORQUE AINDA FALTA VOCÊ (Evangelística 2007 - Jorgevan)
6 - QUE DESCULPA VOCÊ USA PARA NÃO SERVIR A DEUS? (Evangelística 05/2009)
7 - A NOSSA FÉ PODE PRODUZIR MILAGRES (Doutrinária 13/10/2011)
.
VOLTAR A PÁGINA INICIAL

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM

Dinâmicas  -  E-Books  -  Esboços Para Mensagens Ilustrações  -  Peças Teatrais  -  Poemas  -  Home Page
Clipes Gospel

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Copo de Leite

Um dia, um rapaz pobre que vendia mercadorias de porta em porta para pagar seus estudos, estava com muita fome e só lhe restava uma pequena moeda no bolso.

Decidiu, então, que ao invés de tentar vender, iria pedir comida na próxima casa; porém seus nervos o traíram quando uma encantadora jovem lhe abriu a porta.

Em vez de comida, pediu um copo de água. A mulher percebeu que ele estava com fome e lhe deu um grande copo de leite. Ele bebeu devagar e depois lhe perguntou:

- Quanto lhe devo?

- Não me deve nada - respondeu ela. E continuou: - Minha mãe sempre nos ensinou a ajudar as pessoas.

- Pois te agradeço de todo coração, a você e à sua mãe.

O rapaz saiu daquela casa não só refeito fisicamente, mas também com sua fé renovada em Deus e nos homens. Ele já havia resolvido abandonar os estudos devido às dificuldades financeiras que estava passando, mas aquele gesto de bondade o fortaleceu.

Anos depois, essa jovem mulher ficou gravemente doente. Os médicos locais estavam confusos. Finalmente a enviaram à cidade grande, para se tratar.

O médico de plantão naquele dia era o Dr. Howard Kelly, um dos maiores especialistas do país naquela área. Quando escutou o nome do povoado de onde ela viera, uma estranha luz encheu seus olhos e de pronto foi ver a paciente.

Reconheceu-a imediatamente e determinou-se a fazer o melhor para salvar sua vida, passando a dedicar-lhe atenção especial. Contudo, nada lhe disse sobre o primeiro encontro que tiveram no passado.

Depois de uma terrível batalha, eles finalmente venceram aquela enfermidade.

Ao receber alta, ela teve medo de ver a conta do hospital, porque imaginava que levaria o resto da sua vida para pagar por aquele tratamento tão caro e demorado. Quando, finalmente, abriu a fatura, seu coração se encheu de alegria com estas palavras: "Totalmente pago - há muitos anos - com um copo de leite - ass.: Dr.Howard Kelly." Só então ela se lembrou de onde conhecia aquele médico.

"Na vida nada acontece por acaso. O que você faz hoje, pode fazer a diferença em sua vida amanhã."

E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.Gálatas 6.9.

Autor desconhecido.

....
RETORNAR 

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


quinta-feira, 6 de agosto de 2009

A História de Bryan

Ele quase não viu a senhora com o carro parado no acostamento, mas percebeu que ela precisava de ajuda. Assim, parou o seu carro e se aproximou.

O carro dela cheirava à tinta de tão novinho.

Mesmo com o sorriso que ele estampava na face, ela ficou preocupada. Ninguém tinha parado para ajudar durante a última hora.

Ele iria aprontar alguma coisa? Ele não parecia seguro; parecia pobre e faminto.

Ele pode ver que ela estava com muito medo e disse: “- Eu estou aqui para ajudar madame. Por que não espera no carro onde está quentinho? A propósito, meu nome é Bryan".

Bem, tudo o que ela tinha era um pneu furado, mas, para uma senhora, era ruim o bastante.

Bryan abaixou-se, colocou o macaco e levantou o carro. Logo ele já estava trocando o pneu. Mas, ficou um tanto sujo e ainda feriu uma das mãos.

Enquanto ele apertava as porcas da roda ela abriu a janela e começou a conversar com ele. Contou que era de St. Louis e só estava de passagem por ali. Disse que não sabia como agradecer pela preciosa ajuda.
Bryan apenas sorriu, enquanto se levantava.

Ela perguntou quanto devia (qualquer quantia teria sido muito pouco para ela). Já tinha imaginado todas as terríveis coisas que poderiam ter acontecido se Bryan não tivesse parado.

Bryan não pensava em dinheiro. Aquilo não era um trabalho para ele. Gostava de ajudar quando alguém tinha necessidade. Este era seu modo de viver e nunca lhe ocorreu agir de outro modo. Ele respondeu:

“- Se realmente quiser me reembolsar, da próxima vez que encontrar alguém que precise de ajuda, dê para aquela pessoa a ajuda de que ela precisa”. E acrescentou: “... e pense em mim”. Ele esperou até que ela saísse com o carro e também se foi.

Tinha sido um dia frio e deprimido, mas ele se sentia bem, indo para casa, desaparecendo no crepúsculo.

Algumas milhas abaixo a senhora encontrou um pequeno restaurante. Ela entrou para comer alguma coisa. Era um restaurante um tanto sujo. A cena inteira era estranha para ela.

A garçonete veio até ela e trouxe-lhe uma toalha limpa para que pudesse esfregar e secar o cabelo molhado e lhe dirigiu um doce sorriso. Um sorriso que, mesmo depois de um dia inteiro de trabalho com os pés doendo, não pode apagar.

A senhora notou que a garçonete estava com quase oito meses de gravidez, mas ela não deixou a tensão e as dores mudarem sua atitude.

A senhora ficou curiosa em saber como alguém que tinha tão pouco na vida podia tratar tão bem a um estranho. Então se lembrou de Bryan.

Depois que terminou a refeição, enquanto a garçonete buscava troco para a nota de cem dólares, a senhora se retirou. Já tinha partido, quando a garçonete voltou. A garçonete ainda queria saber onde a senhora poderia ter ido quando notou algo escrito no guardanapo, sob o qual tinha mais 4 notas de cem dólares. Havia lágrimas em seus olhos quando leu o que a senhora havia escrito.


Dizia: “Alguém me ajudou uma vez e da mesma forma eu a estou ajudando. Se você realmente quiser me reembolsar, não deixe este círculo de amor terminar em você”.

Bem. Havia mesas para limpar, açucareiros para encher e pessoas para servir. Aquela noite, quando foi para casa e deitou-se na cama, ficou pensando no dinheiro e no que a senhora deixara escrito.

Como pode aquela senhora saber o quanto ela e o marido precisavam disto?

Com o bebê para o próximo mês, como estava difícil. Ela virou-se para o preocupado marido que dormia ao lado, deu-lhe um beijo macio e sussurrou:

“- Tudo ficará bem, meu amor. Eu te amo Bryan”.

Pense nisso, e não feche esse círculo de amor.

.
.
Autor: Desconhecido

RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


Nisto Conhecereis Que Sois Meus

No corre-corre de um terminal rodoviário algumas pessoas derrubaram um tabuleiro de maçãs-do-amor, esparramando-as pelo chão. Somente um homem parou para ajudar a pequena vendedora.

Ao começar a recolher as frutas, ele percebeu que ela era cega. Gentilmente ajudou-a a levantar o tabuleiro e a ajuntar as maçãs.

Ao ficar verificar que várias de suas frutas se estragaram na queda, a menina ficou visivelmente apreensiva:

- Minha mãe vai ficar muito triste.

- Não se preocupe, minha querida, disse-lhe o homem, eu pago as maçãs que se estragaram.

Pagou e despediu-se dela, mas ela o chamou e perguntou:

- Moço, é você que é Jesus?

- Não, minha querida, mas sou um dos amigos dele.

....
....
Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos,se tiverdes amor uns aos outros.
João 13.35
.
Autor desconhecido

.
.
RETORNAR 

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


Historias Cabeludas "arranjos e desarranjos"

O. Henry, famoso contista norte-americano, conta-nos uma deliciosa história de amor conjugal.

Um casal muito pobre queria se presentear no Natal, mas nenhum dos dois tinha dinheiro.

Como ela tinha um cabelo maravilhoso, resolveu vendê-lo para comprar uma pulseira nova para ele colocar no relógio que havia herdado do pai (uma jóia que acompanhava a família há três gerações), e que há muito tempo estava com a pulseira quebrada.

Quando ele chegou em casa, na noite de Natal, levou um tremendo susto ao vê-la de cabelo curto, mas sua surpresa foi ainda maior quando ela lhe deu a pulseira, pois, para poder comprar para ela dois pentes raros, de casco de tartaruga, orlados de pedraria, na cor exata para combinar com seu cabelo, ele havia vendido o relógio.

....

A ninguém devais coisa alguma,a não ser o amor.
I Coríntios 13.8

Fonte: Os melhores contos de O. Henry, Círculo do Livro

.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


Com Você

Certa vez um pai deu um castigo ao filho:
- Dormir no sótão.

Lá pela meia-noite o pai foi vê-lo e o encontrou com os olhos arregalados.
- Pai, deixe-me ir dormir na minha cama.

- Não, meu filho, você foi rebelde e precisa aprender a arcar com as conseqüências dos seus atos.

- Mas, pai, eu tenho medo de ficar aqui sozinho.

- Então, o papai vem dormir com você.

....
....
Porque o Senhor corrige o que ama, e açoita a qualquer que recebe por filho.Hebreus 12.6
.
.
Autor: Desconhecido

.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


Portas Abertas

Foi em Glasgow, na Escócia, que esta história se passou.
Uma adolescente fugiu de casa para viver "sua" liberdade, mas logo caiu na realidade da vida. Sem dinheiro para se manter e sem coragem de voltar para casa, acabou por entrar no mundo da prostituição.
Os anos se passaram, mas, apesar da saudade dos pais, ela nunca mais tentou qualquer contato com eles.
Seus pais sempre a procuraram, em vão, porém, desde a morte do seu pai (que ela nem ficou sabendo), sua mãe intensificou as buscas, deixando um cartaz de "Procura-se" em qualquer lugar onde lhe permitissem.
Neste cartaz a mãe havia colocado sua própria foto, escrito embaixo: "Eu ainda amo você. Volte para casa".
Os meses se passaram sem qualquer notícia, até que um dia, numa fila de sopa para pessoas carentes, a moça viu a foto da sua mãe, que apesar de ter envelhecido bastante, ainda conservava o mesmo olhar que ela guardava em suas lembranças.
Não pode conter a emoção e, naquele dia mesmo, voltou para casa. Era tarde da noite quando chegou. Tímida, ela se aproximou da porta. Ia bater, mas ela se abriu sozinha.
Entrou assustada, apavorada com a idéia de que algum ladrão tivesse invadido a casa e "sabe lá Deus o quê" poderia ter feito.
Correu para o quarto e viu sua mãe dormindo. Acordou-a. Ambas choraram muito. Abraçaram-se. Reconciliaram-se.
Lembrando-se da porta aberta, a moça disse:
- Puxa, mãe, levei um susto tão grande quando cheguei.
- Por que, minha filha?.
- É que a porta da frente estava aberta e eu pensei que algum ladrão tivesse invadido a casa. Você precisa tomar mais cuidado, mãe. Não pode mais esquecer a porta aberta.
- Não meu amor, você não está entendendo. Eu não esqueci a porta aberta. Desde o dia em que você foi embora, esta porta nunca mais foi fechada.
....
....
E, [o filho pródigo] levantando-se, voltou para seu pai; e, quando ainda estava longe, viu-o seu pai, e se moveu de íntima compaixão e, correndo, lançou-se-lhe ao pescoço e o beijou.Lucas 15.20.
....
Do livro "Histórias para Aquecer o Coração das Mães", de Jack Canfield, Mark Victor Hansen, Jennifer Read Hawthorne e Marci Shimoff. Editora Sextante.
.
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


Eu Sabia

Na guerra...

- Meu amigo ainda não regressou do campo de batalha, senhor. Solicito permissão para ir buscá-lo, pediu um soldado ao seu superior.

- Permissão negada, soldado, respondeu o oficial, não quero que você arrisque a sua vida por um homem que provavelmente já está morto.

O soldado, desconsiderando a proibição, saiu e, uma hora mais tarde, voltou transportando o cadáver de seu amigo.

O oficial ficou furioso:

- Eu te disse que ele já estava morto! Agora, por causa da sua indisciplina, eu perdi dois homens, pois você ficará preso e enfrentará a corte marcial. Valeu a pena, soldado, só pra resgatar um cadáver?

E o soldado respondeu:

- Senhor, quando encontrei o meu amigo ele ainda estava vivo e pode me dizer: "Eu sabia que você viria!"
....
....

Em todo o tempo ama o amigo;e na angústia se faz o irmão.Provérbios 17.17
....
Autor desconhecido
.
.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


Certos Amigos...

Dois amigos encontraram um urso na estrada. O primeiro subiu numa árvore e se escondeu.

O outro usava muleta e, não podendo fugir, resolveu se jogar no chão e se fingir de morto.

O animal chegou perto, cheirou as orelhas dele e foi embora (dizem que urso não mexe com quem está morto).

O que estava na árvore desceu e perguntou ao companheiro o que o urso tinha cochichado em seu ouvindo:

- Ele me disse para não viajar mais com quem abandona os amigos na hora do perigo

....
....
Até o meu próprio amigo íntimo, em quem eu tanto confiava, que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar.Salmo 41.9

Autor: Desconhecido

....

RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


terça-feira, 4 de agosto de 2009

Dinâmica do Coração

Objetivo: conhecer o outro e dar-se a conhecer, abrindo espaço para que cada um se apresente; buscando, com essa apresentação, maior intimidade entre os elementos do grupo; partilhando sentimentos, ideais, realizações, desejos e frustrações.

Ambiente: adequado para preservar a privacidade do grupo e permitir a acomodação de todos os participantes.

Material: folhas de papel sulfite e canetas hidrocor ou giz-de-cera para todos os participantes.

Desenvolvimento:

1) Entrega-se uma folha de papel sulfite a cada participante, que deverá desenhar um coração grande e escrever seu nome fora do coração. O coração deverá ser dividido em quatro partes.

2) Na primeira parte do coração, fazer um símbolo que relate um fato importante realizado por sua família (o maior acontecimento). Na segunda parte, desenhar sua maior realização pessoal. Na terceira parte, escrever a coisa mais importante que você pretende realizar nos próximos dois anos. Na quarta parte do coração, escrever, enfim, a maior decepção de sua vida.

3) Todos os participantes deverão pôr sua folha com o trabalho realizado no centro do círculo, compartilhando os resultados. Caso sintam necessidade, poderão comentar ou perguntar algo a respeito das respostas de seus colegas. A pessoa abordada terá liberdade para responder ou não à questão levantada. Compartilhar sentimentos e descobertas com o grupo.

Fonte: adaptação do livro Recriando experiências, Instituto de Pastoral de Juventude - Leste II, Ed. Paulus.Dinâmica publicada junto ao artigo "Quem sabe o que é o amor?" na edição nº 387, jornal Mundo Jovem, junho de 2008, página 15. Disponível em http://www.mundojovem.com.br/dinamica-do-coracao.php

RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


Descobrindo a Quem Pertence

Desenvolvimento:

1. O facilitador divide o grupo em duas metades.

2. Uma metade do grupo dá ao facilitador um objeto de uso pessoal. O facilitador mistura os objetos e os distribui pela outra metade, que sai à procura de seus donos. Não é permitido falar.

3. Ao encontrar o dono do objeto recebido, forma-se par com ele.

Obs.: Esta atividade objetiva, também, estabelecer as relações no grupo. É divertida e usa a curiosidade do grupo como detonadora de uma busca. Pode ser feita no início de um grupo e repetida sempre que se deseja um clima mais descontraído.

Fonte: A dinâmica foi retirada do livro “Aprendendo a ser e a conviver” - de Margarida Serrão e Maria Clarice Baleeiro, Editora "FTD", 1999. Disponível em http://www.mundojovem.com.br/subsidios-dinamicas-06.php

RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


Dois Circulos

Objetivo: motivar um conhecimento inicial, para que as pessoas aprendam ao menos o nome umas das outras antes de se iniciar uma atividade em comum.

Para quantas pessoas: é importante que seja um número par de pessoas. Se não for o caso, o coordenador da dinâmica pode requisitar um “auxiliar”.

Material necessário: uma música animada, tocada ao violão ou com gravador.

Descrição da dinâmica: formam-se dois círculos, um dentro do outro, ambos com o mesmo número de pessoas. Quando começar a tocar a música, cada círculo gira para um lado. Quando a música pára de tocar, as pessoas devem se apresentar para quem parar à sua frente, dizendo o nome e alguma outra informação que o coordenador da dinâmica achar interessante para o momento.

Repete-se até que todos tenham se apresentado. A certa altura pode-se, também, misturar as pessoas dos dois círculos para que mais pessoas possam se conhecer.

Fonte: A dinâmica foi retirada do livro “Aprendendo a ser e a conviver” - de Margarida Serrão e Maria Clarice Baleeiro, Editora "FTD", 1999.

RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM


domingo, 2 de agosto de 2009

Evangelho em Pedaços

Participantes: 10 a 15 pessoas
Tempo Estimado: 30 minutos
Modalidade: Leitura da Bíblia e Debate.
Objetivo: Estimular a procura e análise de passagens da Bíblia.
Material: Papéis com pequenos trechos da Bíblia (partes de passagens) com indicação do livro, capítulo e versículos.
Descrição:
Cada integrante recebe um trecho da Bíblia e procura compreendê-lo. Para melhorar a compreensão do trecho, deve consultar a passagem completa na Bíblia. Em seguida, os integrantes devem ler o seu trecho e comentá-lo para o grupo. Ao final, é aberto o debato sobre os trechos selecionados e as mensagens por eles transmitidas.
OBS: Surgiro a seguinte variação, os participantes poderão fazer seus comentários antes da consulta ao texto, para que se perceba que às vezes pode-se "ler um texto, sem ver o contexto, para inventar pretextos". Depois poderão ler os textos na íntegra e poderão alterar ou não os seus comentários.
RETORNAR

.....................................................................
...................................................
..............................
VEJA TAMBÉM